Início Sem Categoria Projeto de Intervenção Pedagógica

Projeto de Intervenção Pedagógica

8
0
COMPARTILHAR
Projeto de Intervenção Pedagógica
Projeto de Intervenção Pedagógica 

Olá amigos e amigas do SOESCOLA.COM.

Hoje trago para vocês um PROJETO para incentivar outros à prática de jogos no auxílio das aprendizagens enviado por E-mail por Lourdes Possatto.  


Veja também:


                                            
Projeto de Intervenção Pedagógica
TÍTULO: Jogos didáticos
pedagógicos para a alfabetização e letramento das crianças da educação
infantil e ensino fundamental na Escola Municipal Leôncio Pinheiro da Silva.
IDENTIFICAÇÃO
PROPONENTES: Orientação de Estudos e
Professores Alfabetizadores da Escola Leôncio Pinheiro da Silva.
                                                             
Tipo de Projeto
Projeto Educacional – Didático – Pedagógico
INTRODUÇÃO
Através
da história sabe-se que em todas as culturas e civilizações, o jogo tem sido
uma ação indispensável na vida e no desenvolvimento do homem como um ser
humano. A necessidade de brincar surge com a infância, respondendo em todas
as fases de motivações de vida que são consistentes com o desenvolvimento do
potencial físico e intelectual do indivíduo. Essa necessidade é mantida
durante toda a vida.
O
jogo é um campo de grande interesse para a ciência educativa, a partir dela,
podemos observar manifestações psíquicas, traços de caráter e personalidade
das crianças, contribuindo para a erradicação dos comportamentos inadequados
que às vezes se manifestam livremente.
O
jogo é uma atividade fundamental para a criança, especialmente no primeiro
estágio da sua vida; permite que você interaja, através dele começa a
desenvolver valores como a solidariedade, responsabilidade, honestidade,
amizade e cooperação, bem através do jogo melhoram a sua aptidão, libera
energia estimula a faculdade de coordenação e concentração, desenvolve
agilidade mental, estimula a capacidade de resolver problemas e permite a
troca de ideias e experiências durante o desenvolvimento.
As
Nações Unidas, na sua “Declaração dos Direitos da Criança”
proclamou que
“Toda
criança terá ampla oportunidade para brincar e divertir…” e que a
sociedade e as
 autoridades públicas devem estar preocupados
em promover o gozo deste direito. “
Entre
as teorias fundamentais do século XX sobre a importância dos jogos está a
teoria  do psicólogo suíço Jean Piaget,
que vê o jogo na condição do desenvolvimento da criança. Cada estágio está
intimamente ligado a certo tipo de jogo. Mesmo que eles podem ser vistos de
uma sociedade para outra e de um indivíduo para outro, as mudanças de ritmo
ou idade de início dos jogos, a sequência é a mesma para todos. Para Piaget
jogo é um verdadeiro revelador de evolução mental da criança.
Na
teoria psicanalítica de Freud, o jogo pode ser ligado a outras atividades da
criança, e mais particularmente com o sono. A função jogo acaba por ser
essencial, reduzindo assim às tensões nascidas a impossibilidade de desejos,
mas o sono, ao contrário, o jogo. Ele baseia-se numa operação permanente
entre o imaginário e o real.
Enquanto
isso, L.S Vigotski, – cujas ideias são a base da teoria de Elkonin- a partir
de uma abordagem histórico-cultural, aborda as origens e papel do jogo no
desenvolvimento da criança posando pré-escolar dois problemas fundamentais. O
primeiro é como o jogo vem no desenvolvimento da criança, isto é, o problema
é que papel esta atividade desempenha no seu desenvolvimento, ou seja, o
significado de desenvolvimento de jogos como um pré-escolar caminho. É o jogo
forma dominante ou simplesmente uma forma predominante de atividade  criança durante esta idade?.
Neste
tipo de crianças brincam assumir papéis adultos, o seja jogo de papeis, e
refletir  criativamente essas
atividades e relações sociais eles definir entre si. É considerada uma
atividade fundamental na pré-escolar, porque as pequenas encontram-se neste
tipo de jogo a  própria contradição da
sua idade: eles querem ser como os adultos e fazer tudo o que eles fazem,
apesar de suas possibilidades reais não é permitido.
É
“no jogo do papel, onde eles podem fazer “mãe” e “passar” as roupas do seu
“Bebê” de motorista” e “dirigir” o “carro” como o pai…
Sempre em um plano imaginário. Este tipo de jogo tem influência significativa
no desenvolvimento mental da criança, que é uma forma de a solução da
contradição acima.
A partir daí, todos os tipos de jogos que fazem
parte de um recurso lúdico, passam a ser importantes para uma proposta de
ensino que leva em conta o desenvolvimento da criança através desses
recursos.
Por meio dos jogos a criança pode desenvolver
várias habilidades de comunicação para o desenvolvimento intelectual por meio
do exercício da atenção, pelo estímulo à imaginação.
Os jogos, as brincadeiras, as artes, as músicas
são um dos aliados na prática escolar para o desenvolvimento da criatividade
e a independência das crianças.
O jogo deve ser usado como estratégia na
construção do seu conhecimento. É preciso que deixe a criança brincar para
poder expressar suas fantasias, experiências e desejos, pois no seu mundo
imaginário é possível excluir o que lhe perturba, para dominar seus medos,
para exprimir sua natural agressividade, de forma calma e segura de maneira
socialmente aceita, para que possa construir sua capacidade e favorecer toda
a expressão de sua personalidade.
Estrutura:
Justificativa
Viabilizando
novas perspectivas e possibilidades aos alunos dos anos iniciais do Ensino
Fundamental (desde a educação infantil ao quinto ano do ensino fundamental),
e principalmente buscando suprir as necessidades e dificuldades encontradas.
Os Professores Alfabetizadores, juntamente com a Orientação da Escola
Municipal Leôncio Pinheiro da Silva, buscou promover a elaboração e execução
deste projeto que tem como diretriz à introdução de atividades lúdicas
através de jogos diversos, os quais sejam permissíveis na condição de colaborar
com o processo de desenvolvimento de habilidades no processo ensino/aprendizagem,
desta forma abrangendo às faixas etárias inerentes aos anos iniciais do
Ensino Fundamental.
A proposta dos professores e equipe diretiva da
E. M. Leôncio P. da Silva, é confeccionar material com o objetivo de
proporcionar aos educandos e a comunidade um meio de interação entre ambos.
Com a finalidade de melhorar os índices de aprendizagem e sanar as
dificuldades encontradas pelo aluno.
OBJETIVOS
Objetivo Geral:
Confeccionar jogos didáticos para
alfabetização e o letramento das crianças do pré I ao 5° ano do Ensino
Fundamental na Escola Municipal Leôncio Pinheiro da Silva.
Objetivos específicos:
  • Criar
    jogos didáticos pedagógicos para desenvolver a aprendizagem;
  • Adaptar
    jogos pedagógicos conforme a necessidade das disciplinas;
  • Apresentar
    novas possibilidades e estratégias na prática educacional do docente de
    Alfabetização e Letramento da escola nas atividades apresentadas com
    envolvimento da comunidade;
METODOLOGIA
O projeto foi
elaborado pela equipe de professores juntamente com a direção da escola
visando melhorar os índices do IDEB, e elevar o desenvolvimento aprendizagem
escolar.
O projeto vai
ser desenvolvido no período do mês de abril a outubro de 2016, sendo que o
mesmo ocorrerá nos dias e horários contidos no cronograma. O projeto visa
atender a todos os alunos que ficam nas dependências da escola esperando pelo
transporte escolar e a comunidade.
Os professores pesquisarão
os jogos que serão confeccionados de acordo com as necessidades e níveis de
desenvolvimento. Esses jogos serão utilizados como recurso didático durante
as aulas e aplicados aos alunos em horário extracurricular conforme descrição
no cronograma.
Durante o jogo
será avaliado o desenvolvimento a partir das regras e os objetivos dos jogos.
RECURSOS:
Recursos
Humanos: Diretores, orientadores pedagógicos, professores/educadores
Alfabetizadores, alunos do Ensino Fundamental.
Recursos Materiais: folha de papel CHAMEX,
cartolinas, pincéis, material reciclável, bolas, jogos lúdicos, Folha de
papel pautado, retroprojetor, impressoras, computadores, canetas, quadro,
entre outros.
Espaço Físico: Área especifica da Escola.
Proponentes:
Adriel Cardoso
de Abreu, Cladis R. Jagnow, Dilair B.S. Luiz, Ilenair Lunardi, Ilzeny B.
Rodrigues,  Stéfani Lorena Tamioso,Lourdes
B. Possatto, Maria B. Gerhardt,  Rosenilda K. dos Santos, Vanusa F. V. Galvan,
Vandressa Zatta,  Yanelbys Miranda
Camejo.
Local: Escola
Municipal Leôncio Pinheiro da Silva.
Público Alvo:
Todos os alunos dos anos iniciais ( Pré I, pré II, 1º, 2º, 3º, 4° e 5° anos)
do Ensino Fundamental da escola da Escola Municipal Leôncio Pinheiro da
Silva, Sorriso, MT.
Período de
desenvolvimento: a partir do dia 26 de abril do ano de 2016 ao dia 04 de outubro
de 2016.
 CRONOGRAMA:
Horas
Terça-feira
Temas
Carga Horária
17:hr ás 18:hr
26/04/2016
Aplicação de jogo Bingo da silabas com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
26/04/2016
Confecção do jogo Bingo de palavras
03
17:hr ás 18:hr
03/05/2016
Aplicação de jogo Bingo de palavras com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
03/05/2016
Confecção do jogo da batalha das grandezas
03
17:hr ás 18:hr
09/05/2016
Aplicação de jogo da batalha das grandezas com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
09/05/2016
Confecção do jogo da memória
03
17:hr ás 18:hr
17/05/2016
Aplicação de jogo da memória com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
17/05/2016
Confecção da história sequenciada.
03
17:hr ás 18:hr
24/05/2016
Aplicação da história sequenciada com alunos
01
18:hr ás 21:hr
24/05/2016
Confecção do jogo do barco
03
17:hr ás 18:hr
31/05/2016
Aplicação do jogo do barco com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
31/05/2016
Confecção do jogo dominó humano da
multiplicação.
03
17:hr ás 21:hr
07/06/2016
Aplicação jogos com a comunidade.
04
17:hr ás 18:hr
15/06/2016
Aplicação dos jogos Dominó humano de
multiplicação
01
18:hr ás 21:hr
15/06/2016
Confecção do jogo twists
03
17:hr ás 18:hr
21/06/2016
Aplicação do jogo twists com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
21/06/2016
Confecção de jogo da serpente.
03
17:hr ás 18:hr
28/06/2016
Aplicação do jogo da serpente com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
28/06/2016
Confecção de jogo para frente ou para trás.
03
17:hr ás 18:hr
05/07/2016
Aplicação de jogo para frente para trás com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
05/07/2016
Confecção de jogo das palavras
03
17:hr ás 18:hr
12/07/2016
Aplicação do jogo das apalavras com alunos
01
18:hr ás 21:hr
12/07/2016
Confecção do jogo da velha humano.
03
17:hr ás 18:hr
02/08/2016
Aplicação do jogo da velha humano com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
02/08/2016
Confecção de Quebra-cabeça de animais.
03
17:hr ás 18:hr
09/08/2016
Aplicação do jogo quebra-cabeça de animais com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
09/08/2016
Confecção do Jogo: Eu afirmo
03
17:hr ás 18:hr
16/08/2016
Aplicação do Jogo: Eu afirmo com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
16/08/2016
Confecção do jogo baralho Tabú
03
17:hr ás 18:hr
23/08/2016
Aplicação do jogo baralho Tabú com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
23/08/2016
Confecção do jogo da coesão e coerência.
03
17:hr ás 18:hr
30/08/2016
Aplicação do jogo da coesão e coerência com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
30/08/2016
Confecção do jogo baralho de alfabeto.
03
17:hr ás 18:hr
06/09/2016
Aplicação do jogo da coesão e coerência com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
06/09/2016
Confecção do jogo sons iguais.
03
17:hr ás 18:hr
13/09/2016
Aplicação do jogo sons iguais com alunos.
01
18:hr ás 21:hr
13/09/2016
Confecção de jogo batalha naval humano.
03
17:hr ás 18:hr
20/09/2016
Aplicação do jogo batalha naval humano com
alunos.
01
18:hr ás 21:hr
20/09/2016
Confecção do jogo das formas geométricas.
03
17:hr ás 21:hrs
27/09/2016
Circuito de jogos com a comunidade.
04
Total
  84
AVALIAÇÃO
A avaliação deste projeto será de caráter
diagnóstico, observando as peculiaridades individuais e coletivas dos
expoentes e participantes do projeto; assim como das variadas características
dos jogos. Valorizando as dinâmicas e flexibilidade no decorrer das
apresentações da ludicidade.
REFERÊNCIAS
BRASIL. Congresso Nacional. Constituição
Federal Brasileira
. Art. 205. Brasília, 1988.
_______. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros
Curriculares Nacionais: TEMAS TRANSVERSAIS.
Brasília: MEC/SEF, 1997.
_______. LDB: Lei de Diretrizes e Bases da Educação
Nacional. Brasília. MEC/SEB: 1996. 
FILHO, Adelson Murta (Adelsin). Barangadão
Arco-Íris: 36 brinquedos inventados por meninos e meninas.
– São
Paulo: Peirópolis, 2008.
SCAPATICIO, Márcia. Empapelamento: A arte de
transformar objetos.
In: Revista Nova Escola, Ano XXVI, Nº 247, Nov.
2011. Ed. Abril, p. 77-79.
Observações Gerais
O Projeto ora elaborado poderá ser flexível,
podendo sofrer modificações necessárias de acordo com as necessidades da
realidade onde será executado, assim como, absorver novas metodologias no
desenvolvimento das atividades/modalidades lúdicas na leitura e escrita
incluídas no projeto.
Assinatura
da diretora: ________________________________________________________
                               Sorriso- Mato Grosso,
26/04/ 2016.
Algumas fotos do trabalho:

Fotos das noites de jogos
dos pais, filhos e comunidade e a utilização em sala de aula para auxiliar a
aprendizagem.
Projeto de Intervenção Pedagógica 
Projeto de Intervenção Pedagógica 
Projeto de Intervenção Pedagógica 
Projeto de Intervenção Pedagógica 

A equipe SOESCOLA agradece Lourdes Possatto por disponibilizar este material. Um Abraço.

image_pdfimage_print